Mensagem

Boa noite !
Obrigado Senhor Jesus e obrigado a todos que oraram por m im.

A luta foi árdua, mas consegui ultrapassar meus medos e anseios que pensei que jamais conseguiria.

Tive medo, fiquei assustado com toda a situação que se formou diante do caso, que moveu e comeveu muito.

Sinto tristeza pelos meus pais, minha vozinha Sonia,
Ppor minha amada Carol que sei que foi e será sempre difícil de se desligar. Quero que orem por todos os meus amados familiares e amigos.
Por m ais que que seja dolorosa a partida, ela se faz necessária.
É como a planta que precisa de poda para nascer mais forte e firme.
Assim sou eu.

Thiago souza Sampaio

27.07.1972.

22.05.2012.

ESTUDO DA SEMANA: A CÓLERA, O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO

Grupo Fraterno André Luiz – GFAL

ESTUDO DA SEMANA: A CÓLERA, O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO

Barueri, 11 de fevereiro de 2015.

As atitudes coléricas estão muito ligadas ao nosso orgulho, muitas vezes, acontecem quando achamos que alguém feriu o nosso orgulho.

Muitos relacionamentos se rompem por atitudes impensadas. Não paramos para raciocinar, nos julgamos vítimas e no direito de dar o troco.

Falar em cólera é falar em pensamentos radicais, de ódio, de vingança. Será que isso é bom para a saúde? O corpo fica feliz? Pelo contrário, o sistema nervoso fica totalmente debilitado, a pressão se altera… Não é nada saudável.

É importante entender porque somos tão orgulhosos, porque julgamos não merecer certas coisas? Por exemplo, pra que dar o troco numa fechada no transito? Uma atitude como essa poderá causar um acidente. O arrependimento virá depois, mas, a ação estará feita.

Tudo são ações geradas pelo nosso modo de pensar.

Somos espíritos com milhões de anos que ainda não aprendemos algumas coisas. Jesus jamais demonstrou revolta. Precisamos desenvolver mais a aceitação, tendo certeza de que temos muitas características ruins, mas, também temos as boas.

Controlar os instintos é essencial.

Momentos de infelicidade muito nos preocupam. No entanto, não damos tanta ênfase às alegrias, não curtimos os bons momentos.

Dias tranquilos são comprometidos por 2 ou 3 minutos de negatividade. As vezes ficamos remoendo uma mesma situação por anos.

É preciso refletir sobre que companhia queremos atrair. Qual a importância de martelar os pensamentos e atitudes, sabendo que essa atitude aumenta nossa conta

com o Pai Maior. Será que no futuro não teremos como consequência dessa cólera mais coisas negativas?

A conta da justiça de Deus é a conta moral, ninguém se livra dela.

Precisamos ter cuidado com o quanto a gente prejudica ou machuca as pessoas. Ao mesmo tempo, saber que tudo que fizerem para nós é certo, é algo importante para nossa evolução. Tudo tem motivo. Analisando assim, teremos força para ir adiante sem sermos vingativos.

Jesus disse: à quem muito é dado, muito será cobrado.

Quanto mais rápido aprendermos a lidar com nossas dores melhor. Precisamos tentar nunca dar o troco e quando sentirmos que algo machuca, não devemos desejar ao outro.

Algumas dores servem para gravarmos o que só ouvimos falar, mas, não assimilamos.

Segurar as reações é outro fator importante. Se cometermos um ato colérico, tudo bem… Deus irá acertar as coisas. A missão do Pai é que cada um passe por determinada fase quantas vezes forem necessárias.

Quem sabe alguns aprendizados já nos foram oferecidos e não aproveitamos a oportunidade?

Ter um ato colérico contra uma pessoa, é agir contra um filho de Deus. Há dois mil anos atrás, Jesus ensinou: vamos amar o próximo.

Para aqueles que foram curados, Jesus disse: “– Vá, e não peques mais.”; provável que muitas dores eram consequências de atitudes erradas.

Precisamos lembrar que nossos entes queridos podem evoluir moralmente e precisaremos nos despedir deles se não acompanharmos.

O Carnaval esta chegando, durante muitos séculos foi uma festa boa e nas últimas décadas se tornou perigoso. É sinônimo de bebida, droga, promiscuidade. Muitas energias negativas rodam neste período. Até nos Centros pode haver influencias.

Muitas pessoas morrerão em acidentes, contrairão o vírus da AIDS, crianças serão concebidas, jovens conhecerão drogas, etc.

Vamos fazer coisas que sejam saudáveis. Não exagerar na bebida. O exagero significa alguma frustração, desequilíbrios psicológicos e emocionais.

Beber ou se drogar podem até dar sensação de alegria, mas, as consequências são sérias.

Se sentirmos que o ambiente é ruim, vamos evitar de permanecer nele.

Todos nós somos espíritos cheios de tendências, vamos refletir e buscar um jeito dos dias serem proveitosos, vamos valorizar os lugares, evitar tudo que é contra a moral, vencer as más influencias.

Vamos pensar no que queremos sintonizar.

Que o carnaval seja curtido com consciência para que estejamos fortalecidos depois do feriado.

Grupo Fraterno André Luiz – GFAL

Barueri, 23 de janeiro de 2015.

Tema: Pretos Velhos (recomendado pelos mentores da casa)

1. Abertura

Ari deu início a reunião pedindo para que Lucimara compartilhasse informações sobre as características dos pretos velhos. Lucimara esclareceu que são espíritos que viveram como escravos há muitos anos atrás, suas principais características pretos velhos são a humildade e bondade. São muito respeitados por todo o plano espiritual devido a sua sabedoria.

Os mentores presentes iniciaram os esclarecimentos dizendo que todo contexto vivido tem sempre uma explicação, é necessário aprender a explorar mais o que esta em volta. Todos estão conectados 48 horas do dia com forças superiores, no entanto, não nos ligam nessas forças. É importante usar mecanismos para despertar para situações, energias e acontecimentos ao redor.

2. Poder de cura dos Pretos Velhos

Ari consultou os mentores sobre o poder de cura dos pretos velhos. Foi dito que a cura esta dentro de cada um. Um Preto Velho pode despertar algumas coisas adormecidas ou usar a energia/ força para equilibrar zonas energéticas, xacras. Todos são energéticos e perfeitos e dentro de cada um estão todas as respostas. Os Pretos Velhos acendem esses pontos, o que funciona muito bem se a pessoa estiver aberta a isso. É preciso se

dar a oportunidade. O Preto Velho faz a sua parte e uma semente nunca é perdida… Pode­se guardar uma semente por longo tempo e no dia em que ela for regada, vai eclodir.

Os Pretos Velhos explicaram que são filhos como todos os espíritos, e que por suas vivencias como escravos tiveram oportunidade de adquirir humildade, mas, permanecem buscando melhorar e aprender.

Diego perguntou até onde o Preto Velho pode ir quando esta fazendo um trabalho de ajuda. Foi respondido que o único limite é o querer da pessoa que esta sendo ajudada. Não há diferenças entre encarnados e desencarnados. O limite se estabelece no ponto em que a pessoa não quer mudar seu interior. Uma pequena mudança no pensamento podem abrir os caminhos, mas as pessoas relutam.

3. Funções dos Pretos Velhos nos Centros Espíritas

Ari perguntou sobre as funções nos Centros Espíritas. Os Pretos Velhos explicaram que cada trabalhador tem uma sintonia e existem muitas linhas, cada um faz o trabalho que melhor sabe fazer. Os Pretos Velhos são aqueles que mais conhecem coisas negativas devido ao discernimento adquirido em antigas gerações. Há equipes que trabalham livremente na parte mais “pesada”. Todos os trabalhos são permitidos dependendo da vontade no coração de cada um.

4. Hierarquia no plano espiritual x Atitudes dos encarnados

Há muito respeito, organização e sincronia entre os trabalhadores do outro plano. Tudo funciona perfeitamente porque cada um sabe exatamente o seu papel e o que deve ser feito e respeitam isso. Os encarnados não… Vivem querendo descobrir

porquês e se colocam como vítimas; têm dificuldade de assumir culpas. Errar é permitido e necessário. O pior erro é achar que não esta errando e não querer aprender. As pessoas percebem bem os outros e não si próprios. Muitos falam bonito e falam verdades, porém, nem sempre acreditam naquelas palavras ou praticam o que dizem, como o ditado “Faça o que eu falo, não faça o que eu faço”… As atitudes são incoerentes com o discurso.

5.A responsabilidade de cada um e recomendações para mudança interior

As energias passam de uma pessoa para a outra. Quem permite? As portas abertas. Não é ser uma boa pessoa que espanta os males, é ser honesto consigo mesmo. As pessoas se enganam e abrem portas para energias negativas. Experimentam dores, mas não conseguem perceber a lição. Se autoanalisar, se autoperceber é a receita para que cada um tenha força de expulsar as próprias dores. Nada acontece se não for da vontade e do merecimento de cada um.

O Pai Maior intercede sempre que necessário. O Preto Velho intercede sempre que for permitido pelo Pai e pelo indivíduo.

As palavras tem poder. O pensamento tem poder. É necessário aprender a respirar fundo antes de falar, antes de verbalizar um pensamento. Quando as palavras são ditas há energia dispensada, isso pode ser negativo e afetar outra pessoa.

Cada um é responsável o tempo todo por si e por quem esta a volta, em todos os sentidos – ninguém esta sozinho. Como num “Big Brother”, tem muita gente nos vigiando. Qualquer palavra ou pensamento abre portas para ações imediatas de quem esta conosco. Jesus disse: “Que sim seja sim, que não seja não”.

Os Pretos Velhos também recomendaram cuidado ao expressar­se: não falar da vida do próximo. As pessoas criam uma competitividade com colegas por muito pouco. O que interessa se o outro é mais ou menos que você para o seu crescimento? O caminho é de cada um; ninguém vai junto. O que pode se fazer é tomar exemplos para buscar crescimento, ao invés de aumentar o lado ruim dos outros para sentir­se melhor. Essa última ação gera energias ruins.

Todos são preparados para distinguir o que é certo e o que é errado. Todos tem intuição. Sempre que uma pessoa age de forma errada, o corpo responde imediatamente, mas, não estão ligadas o suficiente para perceber. Um simples tropeço na calçada é um resultado. Para toda ação há uma reação.

É importante prestar atenção a quem esta ao seu lado, com o coração puro, sem julgamento. Perceba um colega que começou o dia mau humorado e ao final dele estava com dor de cabeça, dor no estomago, todos sintomas causados pela negatividade que a próprio pessoa criou.

Cuidado: julgamento forte e cruel é um perigo.

Os Pretos Velhos disseram que amam cada um dos filhos presentes, conhecem as fraquezas e os limites e tem confiança em cada um. Não desistem de ninguém, as pessoas é que desistem delas mesmas.

Recomendaram uma aula sobre o Evangelho no Lar, pois, não basta fazer o bem e frequentar o centro.

O grande passo é se olhar com coragem, será possível ver coisas boas e outras infantis. É necessário aproveitar a reencarnação para se conhecer e se entender.

As caridades como: comida, agasalho, curativo, etc. – muitos irmãos precisam deste tipo de auxilio, mas, o grupo (GFAL) esta

numa outra fase, precisa ajudar o outro e também se ajudar para perceber o que pode ser feito de forma diferente. Pensar: “Puxa, naquele momento eu perdi minha paciência, posso tentar ser melhor.” Um sorriso, uma palavra, um abraço tem efeito muito maior do que comida, mesmo para quem passa fome.

Ao lado de cada um há uma turma do bem esperando para agir. Eles respeitam nossa vontade.

Muitas vezes um “bom dia” dito com verdade desperta no outro uma vontade de viver – neste momento agimos sobre o outro. A caridade está no mínimo detalhe. Tudo é caridade quando vem de dentro do coração, abrindo portas para uma infinita forma de ajuda. Somos instrumentos de uma força maior, sempre.

Ari perguntou o que pode­se fazer além do Evangelho no Lar para ter proteção. Os Pretos Velhos disseram que se cada um dedicar um minuto a conexão com o plano maior, por dia, já é o suficiente.

A Preta Velha deu como exemplo uma pessoa que decide não conversar com o plano maior, por achar que não esta conectada o suficiente para pedir algo. Ela esta errada em não se corrigir. É com exercício que se aprende. É preciso ter perseverança, insistência, fé.

A proteção de cada um é sempre ser otimista, ter certeza de que vai dar certo e aceitação se não der. Assim, cria­se um campo magnético a favor de que as coisas deem certo. E cada vez que um campo encontra outro na mesma sintonia, ele aumenta.

Ao se livrar do julgamento, tudo melhora. É comum as pessoas apontarem erros sem refletir sobre o que aconteceu. Se parar para pensar, vai perceber que os acontecimentos são sempre consequências. Aceitar o outro como ele é e aceitar você como você é: perceber as falhas e as qualidades e bloquear as falhas, abrilhantar as qualidades.

Sem adversidades não existe a provocação para a descoberta, descoberta dos próprios potenciais. Deixar o lado negativo aflorar pode ser ruim, ao passo que aceitar as qualidades traz engrandecimento.

É importante que as pessoas se deem mais tempo. Há necessidade de fazer, fazer, fazer e se esquecem de um tempo para refletir, conectar­se com o plano maior, respirar e pensar sobre o que acontece no dia a dia. As pessoas são muito mecânicas, não se lembram que são energia e que precisam recarregar, como por exemplo, tomar um banho de corpo e alma. Fazem tantas coisas as pressas que não saboreiam os pequenos momentos como uma refeição com pessoas queridas.

Durante o banho peça para aquela água limpar seu corpo físico e o corpo astral, viva o momento.

Agradeça ao se levantar, por colocar os pés no chão – essa é uma forma de Evangelho.

Sorria para você mesmo no espelho… Parece que as pessoas tem medo de si. Precisam melhorar a autoestima. Cada um porta uma beleza que não consegue enxergar. Amem­se antes de amar o outro. No jogo da vida a peça mais importante é você mesmo. Todos são providos de uma energia única: amor.

Ao seguir um pouco do que foi dito, a vida vai melhorar. Todos falam com amor, estão a disposição para ajudar o próximo, já passaram por muitas coisa das quais não guardam mágoas… Continuem cultivando. O bem é o que faz bem.

Junte

Junte todas as energias positivas, o amor, os desejos bons que existem dentro de todos nós,

E espalhe através de um abraço, De um olhar, De um simples gesto.

Faça tudo isso com vontade, Faça sem esperar um retorno,

Faça como Jesus faria, E verás que as reações das pessoas serão diferentes.

De um amigo do outro lado.

Jesuino de Abreu.

Faça

Sinta no fundo do peito a necessidade de ajudar aguem.

Seja um pouco menos egoísta e pense um pouco mais no seu semelhante.

Só nós sabemos das nossas dificuldades,

por isso não podemos julgar as dificuldades do próximo.

Faça de coração Faça com amor e vontade

Que vocês fiquem com Deus Com amor

Gloria Peres Conceição.

Fraternidade

Boa noite, amados !

Estou muito feliz, com as prosperidades deste local maravilhosos e cheio de amor, onde flui a Caridade e a vontade de ajudar a cada irmãozinho, que aqui chegam seja ele encarnado ou desencarnado.

Irmãos, saibam que o amor quando é espalhado, ele germina como uma semente e deve ser regado, e tudo que deres de amor e sem questionamento é o que de mais precioso você possui, que seja uma palavra de conforto, que aquele irmão não houve há muito tempo.

E, sempre que olhar nos olhos de um irmão, quer seja ele próximo ou não, que seja transmitida toda a essência que recebes do Nosso Pai Maior, a verdadeira e mais pura de todas, a fraternidade.

A fraternidade não pode ser sentida pro aquele que é mais presente, pois amar um amigo é a coisa mais fácil, perdoá‐lo então é só  ́pensar em todas as atitudes que ele teve boa contigo e toda a magoa se vai.

Quando você se encontrar num episodio desse, pense em Jesus, meus irmãos, que foi renegado e crucificado, sem direito a nada e mesmo assim, não julgou seus acusadores.

Bem irmãos, não quero que pense como muitos dizem: não sou Jesus … mas, tentem apenas pensar nisso e, então se colocar nesse exercício e buscarem não a perfeição mas, ao menos a tentativa de ser alguém melhor, para que seja espalhado entre os seus e ai sim poder sorrir e levantar a cabeça e poder dizer a você mesmo : 6 Hoje eu tentei e amanha com certeza conseguirei  ̈,

Essas atitudes devem ser tomadas diariamente, até o final do tratamento para que sejamos e nos tornemos melhores.

Beijos a todos

Silmara.

Boa noite, queridos irmãos !

Estava com muitas saudades de todos e sei que quando eu não posso, por algum motivo, vir aqui

Não me entristeço mas, sinto muito quando quero poder dividir algo que me fez bem e me trás alegria.

Sabe irmãos, é assim que todos vocês devem sentir alegria em, seus corações,

Em poder compartilhar bons pensamentos, boas lembranças e principalmente bons exemplos de vida.

Essa é a verdadeira identidade de um espirita, de um cristão de um religioso como queiram denominar.

Porque muitos enxergam como querem e vivem como acham certo,

Mas a verdadeira caridade e humildade, muito deixam a beira do caminho.

Quero que pensem no que foi dito hoje,

Que tenhamos fé no próximo, que possamos acreditar que aquele ou esse, será sim irmãos regenerado.

Jamais busquemos os próprios princípios no colega ao lado, no vizinho, no companheiro.

Pois não há ninguém igual a ninguém.

Há brancos, pretos, amarelos, vermelhos …..

Não podemos fazer diferenças em questões religiosas, em que não somos permitidos julgar.

Quero que sejam juízes de suas próprias ações e assim, conseguir se mofdificar antes que seja tarde.

Busquemos os objetivos do amor, da igualdade de sentimentos e de praticas boas.

Para jamais sentirmos o arrependimento.

Pois quando passa os minutos, ou segundos, já ficou no passado.

Uma palavra mau dita, um gesto ruim, uma frase destrutiva, tudo isso se torna nocivo até em nossa caminhada.

Bom, acho que todos entenderam.Fiquem com a paz e o Amor de Nosso Pai Celestial Com carinho, até breve !

Silmara

Paz e alegrias

Paz e alegrias, é tudo que precisamos para ter um bom dia.

A saúde é vital, mas do que adianta ter saúde e viver como um doente?

Precisamos de um toque a mais de paz e alegrias no nosso dia a dia.

A vida já é cheia de preocupações e tarefas por sí só.

Será que devemos procurar mais trabalho e mais dores de cabeça ?

Procure ser feliz, Procure rir da vida e rir com os outros principalmente,

então verás que a vida tem muito mais a oferecer.

Um irmão de luz.

Arrependimento

Perdão meus filhos e minha amada e sempre companheira.

Quero que saibam que naquele fatídico dia, quis realmente sumir e nada mais importava prá mim.

Não pensei mais em nada, somente que prá mim já não dava mais.

Queria naquele momento não ter nascido e não ter vindo, para sem saída me envergonhar de ter nascido homem.

Porque acho que na minha macheza homem tem que honrar sua família. E, naquele momento, a bebida tomava conta de mime algo se apoderava de meu ser.

O ódio de nada e ninguém me estender as mãos e me mostrar um caminho, uma reta para onde devesse fugir e nada mais presenciar.

Mas fui covarde irmãos,

Hoje vejo o quanto fui egoísta e como dizem que aquele que consegue tirar a vida, sim é corajoso.

Mas, esse não pensa nas consequências e, hoje ou no futuro sofrerá as mesmas consequências.

Obrigado pela oportunidade de me expressar e poder me aliviar com esse breve pedido de perdão aos que um dia me amaram.

jose Luiz Bezerra Neves

um covarde que se arrepende e pede perdão

Analise

Procure algo que te traga um alivio, tanto moral como físico.

Não é saudável manter uma relação conturbada.

Não é bom nem para o corpo e muito menos para a mente.

Mas, situações com o esta irão aparecer muitas vezes em nossas vidas.

Vamos aprender com elas também.

Temos que analisar a situação e pensar: Porque devo passar por isso ?

E não apenas: Porque Deus faz isso comigo ? Não é justo !

Vamos tirar o melhor de cada situação.

Façamos uma analise para aprendermos melhor.

Irmão Lúcius