Não Chore

Mãe querida, te escrevo hoje porque finalmente consegui a permissão e merecimento para

estar aqui.

Quero dizer o quanto te amo, amo e sinto saudades também de meus irmãos pequenos.

Venho hoje para dizer que estou bem e peço que não chore mais, me sinto triste e não gostaria

mais de vê-la chorar.

Sei que não consegue me ver, mas já fui te visitar e sua tristeza era tão grande.

Não sinta culpa por minha morte, era o momento, e nada poderia mudar isso.

Estou bem e gostaria que seu sorriso voltasse novamente.

Siga enfrente, ainda é preciso auxiliar meus irmãos.

Lembra que eu disse que a morte era passageira ?

Pois bem, somos eternos e um dia podemos no encontrar novamente.

Estarei sempre no coração de vocês.

Viva mamãe e seja feliz !

Júlio Castro de Alves Pereira.