O sofrimento

Queridos irmãos,

Eu quero dizer, nesta escrita, que estou muito feliz de estar aqui, nessa noite,

para dizer um pouquinho de minha passagem por essa Terra abençoada.

Queridos, quero dizer que eu estava ouvindo a leitura do Evangelho, que serviu

para eu perdoar meus pais que nos separaram, eu e meus dois irmãos, deles porque

naquele tempo a vida não era como a de hoje.

Naquele tempo os pais que tinham filhos e não davam conta de dar o que comer para

seus filhos, eles se inscreviam nas casas de acolhimento da paroquia, e eu fui um deles.

Fiquei muito triste porque fiquei separado, não de meus pais, mas de meus dois irmãos,

irmãos que eu amava muito.

Naquela casa da paroquia fui cuidado por irmãos freis, eram muito rígidos na educação

e no estudo.

Queridos, sofri muito, não só com a saudade de meus pais, mas também pelas leis que

lá tinha para eu seguir.

Ali não tinha brinquedos, não passeava mais, só estudava.

Até que um dia deus olhou por mim.

Fui adotado por um casal que eram muito lindos que foram meus pais adotivos, fui morar

com eles.

Eu com dezesseis anos de idade e meus pais na faixa dos quarenta anos, mas eram

muito bonzinhos comigo.

Comecei a estudar em escola paga e terminei meus estudos.

Fui muito feliz naquela fazenda, quando com vinte e quatro anos fui responsável pela fazenda.

Mas só que ali tinha muito trabalhador escravo, e eu era o responsável pelo trabalho deles.

Tinha muita dó de ver o trabalho pesado e nojento que eles faziam.

Queridos fui movido a mandar soltar muitos deles, que ali se encontravam, no cativeiro

e amarrados nos troncos.

Foi quando um empregado de confiança de meu pai contou tudo que eu fiz.

Fui sacrificado junto com eles, irmãos escravos, fui ,depois de treze dias, amarrado naquele

tronco fui morto.

Fui socorrido pelos meus queridos irmãozinhos do plano espiritual e fui tratado.

E, depois de muito tempo de tratamento, comecei a trabalhar naquele lindo lugar, recebendo

os chegados recentes.

Eu era socorrista de todos os espíritos que ali chegava.

Sofri muito porque ali passavam, por mim, muitos que eu socorri na Terra, e me

abraçavam chorando.

Queridos, foi sofrido, mas muito bom.

Agora pedi para encarnar novamente.

Só que quero encarnar na África, quero trabalhar para as crianças que morrem de fome.

Lá vou ser um medico muito prestativo para todos.

Virão muito espíritos junto comigo, para me ajudar.

Quero que vocês entendam porque escrevi esta mensagem.

Foi para dizer a todos que lerem essa mensagem, que se sintam felizes e tenham um

aprendizado de que o sofrimento faz parte de nossas escolhas.

Em breve já estarei de volta.

Que meu querido Pai maior e meu irmão Jesus abençoem a todos.

Amo a todos.

Assinou.