Bodõ

Boa noite caros irmãos.

Já faz 38 anos que eu desencarnei.

Hoje estou bem, aprendi muita coisa para meu engrandecimento espiritual.

Sofri as dores da carne, por amor, morri por amor, amor a uma moça de nome Gislaine,

só que seu pai não queria que ficássemos juntos.

Então ele mandou uns amigos militares me espancarem, não suportei tanta pancada e

desencarnei.

Jogaram meu corpo em um lixão, dois dias depois meu pai me achou, o meu corpo muito

machucado, com as mãos algemadas, os dentes quebrados e tudo mais de maldade que

foram capazes de fazer.

Mas tudo já acabou, passou, como tudo nesta Terra passa.

Meu corpo foi velado na igreja da vila onde eu e ela  morávamos.

O pai dela nunca foi chamado na delegacia, eu me indignava com isso, pois via meus pais

chorarem muito, e o outro pai não tinha nenhum sentimento de remorso.

Pensei em me vingar, mas fui estimulado a me redimir e perdoá-lo, pois Jesus sofreu e

perdoou os seus algozes.

Sempre a amei, sempre orei por ela.

Ela ainda está encarnada, sei que um dia a terei  preto de mim, no plano espiritual.

Agradeço aos irmãos socorristas por terem tanta paciência e amor fraterno, que tiveram

comigo, hoje eu amo a todos e os perdoei.

Boa noite a todos aqui, aqueles que ainda não conhecem o amor verdadeiro.

Meus pais já desencarnaram, mas eu ainda não tive contato com eles.

Eles ainda não se esqueceram do acontecido, ainda não sabem perdoar !

Meu nome é Gilsivan, mas me chamavam de Bodô.

Morei na cidade de Carapicuiba, no bairro da Vila Lurdes.

Minha Gislaine morava na rua Adelmo Rigoni, na Vila Lurdes.

Outro dia contarei mais sobre o mundo divino de Paz e amor !

Saudações a todos.

Bodô.