Irmã Maria

Boa noite queridos amados e amadas irmãos que aqui se encontram, nessa casa de oração, para receber esse ensinamento de meu irmão Jesus.

Quero diz4r um pouquinho de mim, em uma passagem por essa terra abençoada por Deus.

Amados, quero dizer nessa escrita que vocês chamam de uma mensagem, uma coisa muito importante em vossas vidas e passagem.

Amados eu, Irmã Maria, filha de escravos, meus pais vieram da Africa para o Brasil.

Nasci aqui nessa terra brasileira, em um navio, no mar brasileiro, foi um parto difícil.

E todos no porão do navio gritaram, é uma menina.

Maria, fui batizada por esse nome, Maria, santa filha de uma escrava, que naquela noite deu a luz.

E assim fui para uma fazenda, fui criada e comecei a gostar muito daquela vida, que escolhi para mim.

Comecei ainda moça a benzer as pessoas, que ali me procuravam, naquela fazenda de escravos.

Eu era muito procurada pelas mães, para benzer as crianças que ali chegavam muito mal.

Fui uma negra que nunca me cansei.

Chegava em minha mão, muitos escravos que apanhava e estava no tronco da senzala, todo machucados, e ali eu, Maria, fazia banho para aliviar as dores deles.

Amados, desencarnei com 109 anos de idade, foi uma coisa maravilhosa, muitos irmãos vieram me buscar e me levaram para um lugar lindo que chamava de Nosso Lar e lá fiquei.

Todas aquelas crianças que eu benzi, ali estavam para me visitar.

Amados, o que quero dizer nessa escrita é que você pode fazer isso tudo que eu fiz.

É só ter fé.

Quando seu filho estiver com algum problema é só benzer e esperar.

Se não melhorar, leve ao medico, mas primeiro benza.

Que Deus abençoe a todos.

Irmã Maria.