Estudo

Gostaria de saber ontem, o que aprendi aqui hoje.

Nesta casa tão humilde e tão simples.

Com pessoas de boa índole, com os corações consagrados de amor,  amor ao próximo, amor altruísta, pessoas simples, mas de almas glamorosas.

Há muitos e muitos anos atrás, eu era uma Mãe de Santo , era  um terreiro muito bonito, chamava atenção pelo luxo que tinha, foi antes de minha avó,

depois de minha mãe e por ultimo foi o meu terreiro de umbanda de nome Mamãe Oxum.

Hoje não mais existe, pois eu o destruí, destruí com minha avareza, com meu orgulho.

Muita gente importante ali frequentava, e isso me deixava mais orgulhosa, mas era um orgulho de vaidade.

Mandavam automóvel com motorista para me buscar, para ser feita alguma mandinga ou despacho, que eu fazia, com certeza bem feito, com 3 ou 4 dias vinha

a resposta dos trabalhos feitos, e eu me vangloriava com isso.

Me deixei corromper pela maldade e também pelos presentes que ganhava.

Aos pouco meus filhos de santo foram notando isso, e começaram a se debandar para outros centros de repente me vi sozinha, não tinha mais ninguém

para trabalhar comigo, mas eu não me importava com isso, só me importava com os trabalhos e a riqueza que fui juntando.

Isso foi por anos e ano.  Um dia fui chamada para fazer um despacho em outra cidade, o motorista teve um mal súbito no volante, e o automóvel desgovernado

colidiu na mureta de um túnel, e tudo se escureceu  !

Acabou, acabou tudo.

No meu enterro só teve os coveiros, nenhum politico carregou a alça de meu caixão  !

Fiquei muito revoltada com isso tudo, voltei para meu Centro.

Estava abandonado, cheio de teias de aranha, poeira, toalhas comidas pelas traças, tudo abandonado e mais uma vez vi que tudo tinha se acabado !

Hoje estou só  mulambo ( pessoa que usa vestes rasgadas ), rastejando, rastejando consegui chegar até aqui !

Me ajudem, preciso de vocês.

Mafalda de Brasilia.