Cigana

Olá , boa noite.

 

Como tenho que me apresentar, eu me chamo Maria Aparecida, sou uma cigana do oriente.

 

Obrigada pela oportunidade de vir à esta casa de luz, vou em outra casa, mas não tive o prazer de me identificar,

trabalho lá porque me senti à vontade de orientar a quem eu tenho a permissão de falar.

 

Mas lá eu não me sentia A vontade ainda de me identificar, mas aqui se tem uma luz muito grande e as

pessoas que me receberam, sou muito grata.

 

Senti que nessa casa se tem muito amor, luz, é um trabalho maravilhoso, se tem bom ensinamento, obrigada.

 

Nem tudo que é luz, reluz.

 

Nem tudo na vida são como as pessoas querem ou imaginam.

 

Nem tudo na vida são resgate.

 

Nem tudo na vida são sofrimentos.

 

Nem tudo na vida são flores sem espinhos.

 

Nem tudo na vida são amarguras.

 

Mas de tudo na vida se tiram aprendizados, sabedoria, se livram de muitas coisas passadas.

 

Nem tudo na vida é como se quer.

 

Nem tudo na vida é como se sente.

 

Nem tudo na vida é como se gosta.

 

Nem tudo na vida se quer.

 

Tudo na vida tem o direito de se revigorar, de amar, de caridade, de saber que vocês são um conjunto,

que se precisa de união.

 

É isso que o Pai maior passa para as pessoas e elas estão cada vez mais esquecidas.

 

Isso não pode acontecer porque senão vão sofrer cada dia mais e sua pena ao retornar ao outro plano

será pior.

 

Porque o ser humana acha que só existe este plano, e estão errados, existem muitos e muitos outros

planetas ou planos, como queiram entender que ler o que estou escrevendo.

 

Por hoje chega, pois a moça não  está evoluída o suficiente para que eu a oriente a escrever.

 

Mas acho quem consegui passar algo para quem ler isso.

 

Desde já.

 

Obrigada

 

Maria Aparecida

 

 

Muita luz , paz, sabedoria a todos da casa.

 

Olauarue.