Amor em família

Boa noite meus queridos irmãos e irmãs.

Eu estou aqui para contar uma passagem de minha vida por essa Terra, que foi cheia de coisas

boas e de coisas ruins.

Amados, aqui nessa Terra, onde vocês estão, é um mundo cheio de provações.

É o que aconteceu comigo, uma mulher linda, me casei e tive um bom marido e logo um lindo

filho, que foi tudo que pedi a Deus.

Fiquei viúva e aí começou o meu sofrimento.

Eu e o meu filho, só nos dois, com muita luta consegui dar ao meu querido filho a educação e

estudo.

Ele chegou a fazer uma faculdade, se formou um advogado.

Essa mãe, muito feliz, não sabia o que fazer com esse filho de Deus me deu.

Amados e queridos irmãos, mais uma prova para mim começou, perdi meu filho em um

acidente numa rodovia muito movimentada.

Veio a noticia, morreu um motoqueiro em um acidente nessa rodovia, meu filho se foi, fiquei

muito triste porque para mim só existia ele.

E entrei em depressão, fiquei muito doente e pedi para Deus me ajudar.

E ele mandou um anjo para me ajudar em um sonho, naquela cama de um hospital.

Dizia aquele anjo: venho em nome de Deus para dizer que o nosso filho não é nosso filho, é

filho Dele, então te acalma minha irmã, porque agora vai começar a sua caminhada, vem

comigo, vim te buscar, vou te levar para um lugar para você se tratar.

E lá cheguei, meus amados, que lugar lindo, fui tratada naquele hospital espiritual, o remédio

era doses de amor, muito amor, e logo fiquei curada.

E só perguntava de meu filho, onde está meu filho, perguntei a um dos trabalhadores daquela

casa.

Ele me disse: seu filho ainda está em tratamento, fica calma, minha irmã.

E assim, comecei a trabalhar naquele hospital, junto com outras pessoas.

Foi quando eu senti uma energia forte e, quando percebi, estava perto de meu filho.

Que felicidade, que amor senti naquele momento, foi uma luz muito forte que nós sentimos.

Logo voltaremos a encarnar, só que vamos ser um irmão do outro, vamos ser gêmeos, vamos

viver juntos novamente.

Vamos dar muita felicidade para essa mãe.

Vamos fazer ela muito feliz, foi a minha escolha.

Então eu digo a todas as mães que tenham filhos, não se apeguem a seus filhos, cuida dele

porque ele não é seu filho é de Deus.

O dia que ele quiser levar, ele leva, você só cuida para ele.

Que meu maravilhoso Deus abençoe a todos

Lurdes.