Presente de natal

Boa noite meus amados e queridos irmãos que aqui se encontram, nessa casa de oração,

Para receber um pouquinho de ensinamentos desses nossos irmãos que aqui passaram e

deixaram para vocês refletir um pouquinho, nesse fim de ano e no Natal.

Amados, eu fui um deles, tenho uma história de vida para contar um pouquinho nesse Natal.

Toma cuidado para não sofrer, como eu sofri e estou me libertando agora, depois de muitos

anos.

Amados, ganhei no dia de hoje o maior presente de Natal, que foi a liberdade de vir até aqui

para desabafar e contar um pouquinho de minha passagem por essa Terra.

Vou falar um pouquinho do meu egoísmo.

De um dos herdeiros de uma família de São Paulo, de muitos herdeiros, eu fui um dos mais

bons,

Porque abri uma empresa, mas tinha medo de não dar conta.

Então fiz um trato com Deus:

Meu Deus se eu conseguir fazer essa empresa uma de grande porte vou ajudar muitas crianças

pobres de minha cidade.

E assim foi, minha empresa subiu muito rápido e logo veio os lucros.

E, eu, todo mês dia do mês dezembro tinha uma verba muito grande para dar aos meus

funcionários comprar presente para as nossas crianças, e assim acontecia todos os anos.

Mas eu não ia com eles distribuir presentes, eu só mandava comprar muitos presentes e ia

viajar com minha família.

Depois de muito tempo passado, eu fiquei muito doente em um hospital,

Fiquei muito tempo internado em uma cama com muita dor e, os médicos não conseguiam

descobrir o que eu tinha.

Amados, sofri muito e a noite me perguntava por que meu Deus tudo isso comigo ? Eu que era

um homem bom, ajudava muitas crianças com presentes.

Não veio a resposta para mim e continuei muitos meses naquele hospital.

Um dia acordei num hospital diferente daquele que eu estava.

Então perguntei para um senhor o que eu estou fazendo aqui ?

Ele me disse: amigo irmão, você está em tratamento intensivo de seu espirito.

Mas perguntei por que estava sofrendo tanto até aqui.

Então ele me deu a r4esposta: você pediu para Deus te iluminar na sua empresa não é?

E, em troca você dava brinquedos para as crianças, só que você mesmo não foi em nenhuma

dessas entregas não é mesmo.

Eu disse: sim, é verdade, mas eu dava o dinheiro.

Então ele me disse: só que faltou a coisa mais importante que é o amor.

Você nem sentiu a felicidade de uma pobre criança recebendo o presente..

Amados, conto tudo isso porque sofri muito com meus erros.

Então, reflitam melhor nesse Natal, dê presente para uma criança, mas não peça nada em

troca.

Só assim você vai se sentir feliz.

Que meu Querido Deus abençoe a todos nesse Natal

Paulo.